Notícia - Porto com 17 novos hotéis


O investimento no turismo não esmorece. O Porto tem atualmente em carteira 17 novos projetos de hotéis.

As zonas histórica e central da cidade atraíram 15 intenções de investimento, que estão neste momento em processo de licenciamento na Autarquia, revelou o Confidencial Imobiliário. Para a freguesia do Bonfim, estão previstos dois novos hotéis.

O JN/Dinheiro Vivo sabe que o Pestana, maior grupo hoteleiro do país, tem agendada a abertura de três novos hotéis no Porto, até ao final do próximo ano. O primeiro a abrir será no conhecido edifício Casa Navarro, na Baixa, adquirido pela família David Rosas. Esta unidade de 46 quartos, com abertura prevista para este ano, ficará sob gestão do grupo. Assente neste modelo de negócio, em que o investimento fica a cargo dos proprietários e a gestão nas mãos do grupo hoteleiro, o Pestana abrirá, em 2019, um hotel na Rua das Flores, com 87 quartos.

O grupo português tem previsto um investimento de 20 milhões de euros na construção do Douro Hotel, no Freixo, próximo da pousada, que está a seu cargo. Este projeto, que contempla 165 quartos, deverá estar concluído em 2019. Ainda em março, abriu o Pestana Porto - A Brasileira. O edifício e o investimento, da ordem dos 12 milhões, foi da responsabilidade do proprietário, o antigo selecionador de futebol António Oliveira, ficando a gestão da unidade a cargo do Pestana.

O Axis Hotéis prepara também para breve a entrada da sua marca no Porto. Segundo o administrador Rui Barbosa da Costa, o grupo português, que já explora seis hotéis, quer uma unidade na cidade com "uma escala mínima de 100 quartos".

Já o grupo espanhol Catalonia escolheu o Porto para expandir a sua atividade ao país. Prepara-se para investir 14 milhões numa unidade de quatro estrelas, na Praça da Batalha. O grupo comprou cinco edifícios de interesse histórico para recuperar até 2020.

https://www.jn.pt/local/noticias/porto/porto/interior/porto-com-17-novos-hoteis-9276828.html
0